Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Ler na Retrete

Para Ler na Retrete

Revelações em relações

          Foi o primeiro encontro. Uma faísca que andava a ser acicatada à muito entre Joana e Carlos, finalmente procurava ser conflagrada. Seria uma noite sem barreiras. Uma noite de conhecimento interior e exterior. Uma noite em que não havia tabus, não havia vergonhas e muito menos segredos.
          Começou de forma muito jovem e habitual. Encomendaram uma pizza e escolheram um filme, uma comédia romântica. Depois provaram vários licores enquanto as perguntas ficavam cada vez mais pessoais e a alma cada vez mais despida. O licor de laranja revelou os seus maiores segredos. O licor de maçã revelou o sabor dos seus lábios. O licor de limão revelou o que a roupa escondia.
          E assim foi. Carlos e Joana fazem agora um ano de namoro. Desta vez e, para comemorar, o rapaz quer repetir aquela que diz ter sido a melhor noite da sua vida. Colocou várias velas a traçar o caminho da sua porta de entrada até à mesa de jantar onde, ainda fechada, estava uma caixa de pizza. Ao lado estavam várias garrafas com etiquetas escritas à mão. Licores caseiros que Carlos conseguiu para uma ocasião tão especial. O mesmo filme na televisão. O mesmo casal tão apaixonado. Mas o tempo dá e o tempo tira.
          A jovem Joana, talvez por tão cega de amor, quis tomar uma medida para ter a certeza que este relacionamento seria para durar. Como sempre acontece, algumas características ficam escondidas no inicio, de forma a agradar ao máximo a outra pessoa. Joana quis revelar algumas das suas partes descuradas no ultimo ano e, pretendia que Carlos fizesse o mesmo. "Eu não gosto de desporto" diz ela. "Só fui correr contigo todas aquelas vezes porque não quero que aches que sou uma preguiçosa incapaz de se mexer". Apesar de não recolher a noticia com alegria, não foi um problema. "Eu não quero ter filhos. Sei que disse que estava aberto à ideia mas, a verdade é que não tenho intenção nenhuma de gastar um balúrdio e abdicar da vida para educar crianças" - rematou Carlos. Chocada, Joana dá um passo atrás. "Vamos para algo mais leve, de modo a não vir o peso todo de uma só vez. Eu não gosto de Frango assado. Sei que às vezes é prático ir buscar aqui ao lado, visto que não temos de cozinhar, mas eu não gosto." Carlos acolheu a ideia de ir devagar com algum agradecimento. Então decidiu responder com o que achava ser a mesma moeda - "Eu gosto e prefiro comer pizza com ananás. De facto, a que pedi para nós hoje foi com ananás para veres que não é nada mau." Escusado será dizer que nunca mais nada foi o mesmo. Durante o que pareceu ser uma década, houve um silêncio desconfortável na sala. "Como é que foste capaz?" Joana franzia as sobrancelhas de tal forma que o diabo subia ao céu para evitar o contacto visual. "Ananás na pizza? E ainda trazes esse crime para o meio da nossa relação? Alguma vez gostaste realmente de mim?" Carlos não sabe o que dizer. "É assim tão grave?" - Pergunta, enquanto num piscar de olhos, leva uma chapada. "Como te atreves? Ananás na pizza? Andaste este tempo todo a fingir que não gostavas só para me levares para a cama? Não me apareças à frente nunca mais!"
          Isto parece uma história descabida. No entanto, há que dizer que Joana tem toda a razão para ter aquela reacção. Para todas as pessoas selvagens que continuam a colocar fruta em pratos quentes, há um lugar especial no inferno com o vosso nome. Não se mistura ananás numa pizza!

Champion da semana #2

          Que tal de semana? Péssima? É normal, mas não vão continuar tristes depois desta história maravilhosa que trago para vós. O nosso champion desta semana não tem nome mas tem o que todos os champions devem ter: Forte estupidez. Por uma questão prática, vamos-lhe chamar "Parvorius". Acho que é digno.
          Há uma coisa da qual eu pessoalmente gosto muito: pessoas que procuram uma relação séria em APPs como Tinder. Há uma certa magia no raciocínio destas almas que me arrebata completamente. É como ir ao MacDonalds para jantar com qualidade. É como obter as noticias da actualidade através do facebook. É como visitar a China para procurar um Homem negro.
          Pois uma mulher chamada Jessica procurava isso mesmo. Percorria o Tinder à procura de alguém para algo mais sério que apenas um engate. Quando estava prestes a perder a esperança, deparou-se com um perfil curioso. Parvorius, cuja primeira linha de descrição lia-se: "procuro algo mais que um simples engate". Remate e golo! Obviamente interessada, resolve meter conversa.
          E tudo corria bem! Duas semanas depois resolveram marcar um encontro num bar de hotel. A nossa florzinha inocente apetrecha-se com um bruto vestido preto justo e, ao chegar depara-se com um tipo de polo preto que nunca viu um ferro de engomar. Apesar da primeira imagem não ter causado a melhor impressão, foi uma óptima noite. Conversaram durante horas, beberam uns copos sem exagerar e, no fim, ele acompanhou-a a casa como um verdadeiro cavalheiro.
          No dia seguinte, Parvorius volta a mandar mensagem a convidar para um passeio no parque (Oinnhh) e ela aceita. Encontraram-se depois de almoço e, rapidamente o nosso champion foi reconhecido ao longe. Não por encanto mas por estar a usar exactamente o mesmo polo da noite passada. Ah, com uma diferença: um nódoa de chocolate do tamanho aproximado de duas moedas de um euro. Jessica, mais uma vez, ignorou a questão de higiene pessoal (o que só pode ser a decisão mais saudável) e passou a tarde com ele.
          Passam três dias. Devido a trabalho não se viram mais entretanto. Contudo hoje têm tempo e combinaram ir ao cinema. A nossa querida princesa de papel é a primeira a chegar ao local. Recebe uma chamada de Parvorius na qual este informa que está ligeiramente atrasado mas vai a caminho. Insiste também para não desligar e conversarem enquanto ele não chega. Conversa puxa conversa e passamos a um momento sério. O nosso intrépido herói diz: "tenho de falar contigo sobre uma coisa. Eventualmente vais conhecer os meus Pais, amigos e outros familiares. Além disso em todas as relações, um dos elementos do casal contenta-se e outro alcança. Quero que percebas que entre nós, eu sou quem se contenta por ti e tu és quem alcança por alguém fora da sua liga, neste caso, eu". Jessica ficou incrédula em silêncio.
          Devo confessar que quase chorei com a emoção deste discurso incrivelmente romântico. Penso que é óbvio, este dois passarinhos não ficaram juntos. É difícil escolher entre estas duas personagens um Champion visto que, apesar de toda bagagem romântica de Parvorius, esta mulher não foi muito esperta em andar à procura de amor no Tinder. Ninguém que o faça é muito esperto na verdade. Mas tenho de conceder o título perante aquele insano discurso. Se quisesse acabar com uma relação de propósito, não conseguiria fazer melhor.
          Para terminar, após a chamada em que Jéssica permaneceu em silêncio, Parvorius já se via na distância. Embasbacada, permaneceu no local a olhar para a silhueta que lentamente se aproximava. Qual não é o seu espanto quando, às páginas tantas, vê o Homem com um polo preto que tinha uma mancha de chocolate do tamanho de duas moedas e um euro.

 

          História original:

https://www.reddit.com/r/tinderstories/comments/b6thyb/the_chocolate_stain/

e7fd4d068f5e52badefd336382a24ce4.jpg